quarta-feira, maio 23, 2007

Shrek the Third

Eu sou fa incondicional dos filmes do ogre verde. Desde que em 2001 surgiu no panorama do cinema internacional, fiquei rendido aos seus personagens anti-historia-para-criancas-em-que-tudo-corre-bem, as suas piadas pouco convencionais, ao seu humor politicamente incorrecto e as bandas sonoras catitas, sempre apropriadas ao momento.


Foi por isso com grande expectativa que fui este fim-de-semana ver a mais recente sequela da saga Shrek. Desta vez, Shrek e' chamado a substituir temporariamente o sogro, no papel de rei do reino de 'Bue' Bue' Longe'. A coisa, claro, corre mal, e o ogre depressa conclui que nao foi talhado para a tarefa. So' que, a paginas tantas, o rei acaba por morrer, deixando porem a indicacao de que existe um outro possivel candidato ao trono - um sobrinho afastado - que Shrek decide procurar e trazer a' capital, para que possa assumir a regencia. Paralelamente a esta historia, ha' uma outra igualmente interessante que envolve o Principe Encantado e todos os personagens das historias infantis, cujo o fim e' tudo menos cor-de-rosa - bruxas, viloes, mau-da-fita, estao la todos - ate o capitao gancho la esta. Estes resolvem-se unir (instigados pelo Principe) e preparam uma revolta no reino. Tudo isto culmina, como sempre, em grande confusao, mas de forma muito cor-de-rosa, com a familia Shrek a aumentar de tamanho.

O filme em si, devo dize-lo, devera' ser o mais fraco dos tres. Talvez por nao apresentar nada de verdadeiramente inovador em relacao aos seus antecessores - nao tem personagens novas de relevo (o Burro e o Gato das Botas continuam a ser os eternos compaheiros do ogre), a historia nao e' surpreendente e tem um certo sabor a 'la' fizeram mais um filme so' para fazer mais uns trocos'. Mas, em minha opiniao, o segredo para apreciar este tipo de filmes esta' em saber dar valor aos pequenos pormenores que aqui e ali se vao vendo, em estar atento as subtilezas dos dialogos. E isso esta' tudo, e muito bem montado, para nos entreter de uma forma muito genuina (chamo a atencao para dois momentos muito bons - todos os pormenores da Escola Secundaria e o dialogo entre Pinoquio e o Capitao Gancho).

Em resumo, eu gostei. E estou bastante curioso para ver a versao portuguesa do filme - creio que nao houve filmes tao bem dobrados como estes. Ao que parece, tudo indica que este seja o ultimo da saga...

1 comentário:

Maria João disse...

Também quero ver!!!!!!!!!!!